part

Publicidade e geolocalização: fome e vontade de comer

8 junho 2015
Nenhum comentário
1.848 Viram

A publicidade direcionada por geolocalização é o anúncio na palma da mão de quem está perto do seu negócio. Atualmente, as páginas amarelas dos catálogos foram transferidas para smartphones e tablets, atingindo um grande número de pessoas. Quem tem acesso à internet pelo celular compõem um grupo de mais de 52 milhões*. Deste número, mais de 20 milhões* de smartphones estão conectados durante todo o tempo.

Todas essas pessoas usam seus celulares para pesquisar o restaurante mais próximo, o teatro, a papelaria. Usam também para compartilhar check-ins, dar dicas dos lugares e fazer avaliações. Da localização ao conteúdo gerado pelo público, todas essas informações são um banquete para as marcas.

Para quem não viu o letreiro, mas procura um restaurante próximo, o anúncio por geolocalização é perfeito. O anunciante determina um raio de distância e pronto. Atinge o público certo.

Os anúncios do Google Adwords são os pioneiros quando o assunto é geolocalização. Com ele, o anúncio é exibido em um raio de distância pré-estabelecido do estabelecimento para alguém que faça uma busca por um tema específico. Nesse caso, o anúncio é ainda mais certeiro por já ser direcionado a alguém que está próximo e, principalmente, interessado no assunto. Ponto para o Google.

Quando falamos em geolocalização é impossível não citar o Foursquare. O aplicativo deixou de ser um game de check-ins para ser uma rede social de dicas e sugestões geolocalizadas. Quando você chega em um bairro, por exemplo, o aplicativo já anuncia as dicas e, claro, as marcas patrocinadas. Se você está em um museu, o aplicativo já mostra o restaurante mais próximo com as dicas de quem já esteve por lá.

No entanto, Google e Foursquare não são mais os líderes absolutos nessa pauta. Já ouviu falar no Waze? O aplicativo lançado em 2008 em Israel já conta com mais de 50 milhões de pessoas. Também chamado de GPS social, o app oferece o melhor caminho para motoristas, baseado na informação colaborativa de outros condutores. O Waze identifica congestionamentos e vias livres baseado na velocidade dos outros usuários, que também mandam alertas sobre condições do trânsito.

 

Você deve estar se perguntando como um aplicativo de trânsito faz anúncios sem dispersar o público que, por sua vez, precisa estar atento… ao trânsito. O sistema de anúncios apresenta apenas as marcas de até três anunciantes no mapa por vez para motoristas que estejam dirigindo próximo ao local do negócio anunciado. Ao clicar nos pins, caso esteja interessado, o aplicativo mostra os detalhes do anunciante, como endereço, telefone, horário de funcionamento, uma foto e o botão “Drive There”. Esse recurso muda a rota traçada para o local do anunciante. Dê uma olhada no exemplo de anúncio de um posto Shell.

waze2-284783

Falar a coisa certa para quem está no lugar certo é um excelente negócio.  Ainda mais quando o anúncio oferece um benefício para esse futuro cliente que está tão perto. Para quem está pertinho de um restaurante e ainda ganha 10% de desconto ou a sobremesa por conta da casa, por exemplo, esse casamento é perfeito. Ponto para o anunciante!

Ficou curioso? Já está imaginando sua marca colhendo os frutos da geolocalização? Ótimo! A nossa equipe está pronta para tirar qualquer dúvida. Vamos conversar?

 

*Fonte: Ibope 2013

 



Nenhum comentário


Deixe um comentário

Saindo do forno…


Fale com nossa equipe


Adoramos a sua visita!

Será um prazer te receber para tomar um café e conversarmos sobre presença digital. Você também pode nos ligar no (31) 3411.1540 ou nos enviar um e-mail no part@part.com.br

mande uma mensagem

  • Facebook
  • instagram
  • Google Plus