part

10 mandamentos do empreendedorismo digital – dicas para lucrar pela internet

A internet diminuiu distâncias e derrubou fronteiras. Algo que acontece do outro lado do mundo vira meme em menos de 24 horas ou… um excelente negócio. Hoje, as marcas não precisam de barreiras físicas para vender, comprar, negociar e conversar com seus consumidores. E, você, também não precisa ir muito longe para ser um empreendedor digital e ver sua própria marca nos quatro cantos do mundo.

Rafael Seabra do Portal Quero Ficar Rico define empreendedorismo digital como o desenvolvimento de um modelo de negócio para oferecer um produto/serviço a partir de um meio digital (internet, por exemplo) e obter lucro.  No entanto, para ganhar dinheiro pela internet você precisa muito mais do que uma banda larga à sua disposição.

Para, para, para!

joao-kleber-para-para-para

Já conversamos sobre os passos que antecedem qualquer negócio pela internet. Se você não leu ainda, dê um pulo lá.

Você quer vender um produto diferenciado? Você já tem uma loja física e quer ampliar as possibilidades pela internet? Você quer divulgar o seu trabalho e vender anúncios no seu blog, site ou canal? Arregrasse as mangas. Você tem muito trabalho pela frente e, para isso, pode contar com a gente. Não existe receita de bolo, mas listamos alguns passos básicos para tirar o seu plano do papel.

  1.        Entenda seu negócio.

Digital ou físico, não importa. Esse sempre será o primeiro passo de qualquer empreendedor. Entender seu negócio não se limita à produção. Reconheça os pontos fortes e fracos, os desafios e oportunidades. Estude e saiba desde o início onde está pisando e, principalmente, onde quer chegar.

  1.        Responda por que seu produto é especial.

O que ele tem que nenhum outro tem? Da sua resposta, virão os argumentos de venda. Se seu produto não tem nada diferenciado, crie.

  1.        Defina e conheça seu público.

Quanto mais definido, mais certeiro será seu ataque. Ao definir, descbra quais são os hábitos de consumo, os sonhos, sobre o que gostam de conversar. Reconheça quem serão as pessoas mais sensíveis aos seus argumentos de venda e explore. Converse com diferentes públicos a partir de diferentes conteúdos.

  1.        Aprenda com a concorrência.

Os erros e acertos dos seus concorrentes dizem muito sobre seu produto e, principalmente, sobre seu público. Faça um benchmarking. Liste os concorrentes diretos e indiretos. Estude o site, os anúncios, as redes sociais. Seja um cliente oculto. Descubra sobre o relacionamento direto entre a marca e o público e, em seguida, faça melhor.

  1.        Invista em um site.

Qualquer negócio na internet precisa de um endereço digital. Além de garantir credibilidade, um bom site reúne todas as informações que seus clientes precisam saber. Cuide para que seu site seja, antes de tudo, profissional. Tem um blog? Opte pelo WordPress ao invés do Blogger. Só o WordPress tem plug-ins, temas e interface que facilitam, e muito, o seu trabalho.

  1.        Produza um conteúdo relevante.

Conteúdo relevante é aquele capaz de gerar diálogo. Para que as pessoas conversem sobre sua marca ou seu produto, fale algo que elas não saibam. Dê informações novas. Sabe o passo número 2? Responder o que seu produto tem que nenhum outro tem pode render uma boa conversa.

  1.        Seja encontrado.

No seu site, invista em técnicas de SEO para ser encontrado pelo Google e, consequentemente, pelo seu cliente. Já conversamos sobe isso aqui no blog. Use palavras-chave nos títulos, legendas nas imagens, hiperlinks. Lembra da dica do passo 5? O WordPress tem o plug-in Ali no SEO. Uma mão na roda para descomplicar e otimizar ainda mais seus resultados. Para ser encontrado, você também precisa estar presente nas redes sociais. Crie uma fanpage ou um perfil no Instagram e explore seus produtos. Já falamos sobre alavancar as vendas pelo Instagram. Já leu?

  1.        Invista em mídia digital.

Falando em ser encontrado, você pode (e deve) investir em mídias digitais. Você pode investir em posts patrocinados no Facebook, publieditorial no Instagram ou até mesmo pelo Google AdWords.  

  1.        Crie um mailing.

Qualquer visita no seu site é importante, pois é, certamente, de um potencial cliente. Não deixe essa oportunidade passar. Dê motivos para conquistar o e-mail do seu público. A assinatura de newsletter é uma das ferramentas mais comuns para a construção do mailing. Se você ainda não tem, fale com a gente. Pelo e-mail, você terá contato direto com seu cliente e, com isso, fortalecer suas possibilidades de venda. Também já falamos sobre os poderes do e-mail marketing aqui.

  1.    Esteja presente.

Não deixe seus clientes sem resposta. Se você tem um blog, mantenha uma regularidade e não deixe seu site às moscas. Responda aos comentários e estimule a conversa nas redes sociais. Cite seus @clientes e mostre como sua marca se importa com eles.

Bônus: Enfrente os riscos.

Empreender é arriscar. Pela internet nada é eterno e, tampouco, estável. Ser flexível às circunstâncias pode ajudar você e seu negócio.

E aí? Está preparado?

Para todos os passos acima até para os próximos que virão, conte com a gente.

 

 



Nenhum comentário


Deixe um comentário

Saindo do forno…


Fale com nossa equipe


Adoramos a sua visita!

Será um prazer te receber para tomar um café e conversarmos sobre presença digital. Você também pode nos ligar no (31) 3411.1540 ou nos enviar um e-mail no part@part.com.br

mande uma mensagem

  • Facebook
  • instagram
  • Google Plus